Apresentação do livro

 

Apresentação do livro


Dia 16 de novembro de 2019, pelas 15h00, na Biblioteca Municipal de Ponte de Lima

 

 

O Município de Ponte de Lima promove o lançamento da obra “Poesia Submersa”, da autoria de António Silva Melo, no próximo dia 16 de novembro de 2019, pelas 15h00, no auditório da Biblioteca Municipal de Ponte de Lima.

Trata-se de uma obra poética, de teor surrealista, que aborda as temáticas do fatalismo, da morte, da vida e do amor, mas também aflora memórias da infância e da juventude do autor.

Um livro de esperança e encanto, composto de poesia livre, quadras e prosa poética cuja apresentação estará a cargo da escritora Adelaide Graça e “que toca a pele e o coração e, em simultâneo, nos faz refletir sobre conceções e dogmas, questionando-nos em demorada contemplação sobre nós – pessoas incapazes de ser pessoas sem o outro, sem o amor, sem a tristeza e a alegria, sem o sentimento da finitude, mas também orgulhosos de estarmos vivos”, conforme refere Alice Caetano no prefácio da obra.

Marque presença na sessão de lançamento de “Poesia Submersa” e conheça a mais recente produção literária deste autor que será enriquecida com momentos de declamação de poemas por Carlos Revez, Manoela Calheiros, Orlando Alves e Josefina Gonçalves.

 

Sobre o autor:

António da Silva Melo nasceu em Lourosa, concelho de Santa Maria da Feira, no dia de Natal de 1968. Filho de pai sapateiro e mãe corticeira, conclui os seus estudos no Liceu de Santa Maria de Lamas. Em 1982, inicia-se no mundo do trabalho como cabeleireiro, atividade que exerce durante 14 anos. Cumpre o serviço militar em Aveiro, em 1989, e em 2001 muda-se para Ponte de Lima, ano em que casa. Cedo ganha o gosto pela escrita e a sua paixão pela poesia intensifica-se. Estreia-se numa coletânea com vários autores e, mais tarde, lança as primeiras obras autónomas de teor poético, ESBOÇOS (2014) e PROFUNDUS (2015). Em 2016 edita POEMAS OCULTOS e DE CORPO PRESENTE. Participa intensamente em dezenas de tertúlias, eventos e programas radiofónicos dedicados ao tema.

António da Silva Melo foi empresário no sector de rochas ornamentais e hoje desempenha funções como técnico geriátrico. É casado e divide o seu tempo entre Ponte de Lima e Lourosa. Adora música clássica, é amante de cinema português e elege a RTP-2 e o Canal MEMÓRIA quando vê televisão.

Tem como referências literárias António Lobo Antunes, José Cardoso Pires, Miguel Torga, Fernando Pessoa, Pedro Tamen, Sophia de Mello Breyner Andresen e David Mourão-Ferreira.

Tem como lema de vida «Põe tudo o que sabes no pouco que fazes», sendo o ato de escrever uma permanente inquietude e um ciclo interminável.

Fonte: Município de Ponte de Lima
5 de novembro de 2019

 

Ponte de Lima no Mapa

Ponte de Lima é uma vila histórica do Norte de Portugal, mais antiga que a própria nacionalidade portuguesa. Foi fundada por Carta de Foral de 4 de Março de 1125, outorgada pela Rainha D. Teresa, que fez Vila o então Lugar de Ponte, localizado na margem esquerda do Rio Lima, junto à ponte construída pelos Romanos no século I, no tempo do Imperador Augusto. Segundo o Historiador António Matos Reis, o nascimento de Ponte de Lima está intimamente ligado ao nascimento de Portugal, inserindo-se nos planos de autonomia do Condado Portucalense prosseguidos por D. Teresa, através da criação de novos municípios. Herdeira e continuadora de um rico passado histórico, Ponte de Lima orgulha-se de possuir um valioso património histórico-cultural, que este portal se propõe promover e divulgar.

Sugestões