Exposição evocativa “Conde d’Aurora: o homem, a obra e a sua terra”

 

Exposição evocativa “Conde d’Aurora: o homem, a obra e a sua terra”


Na Biblioteca Municipal de Ponte de Lima, de 3 de Maio a 31 de Outubro de 2019

 

 

O Município de Ponte de Lima, através da Biblioteca Municipal, inaugurou no dia 3 de maio a exposição evocativa “Conde d’Aurora: o homem, a obra e a sua terra”, assinalando, desta forma, os 50 anos do falecimento de José de Sá Coutinho, 3.º Conde d’Aurora.

Propositadamente lançada no dia do falecimento do prestigiado limiano, espera-se que a exposição venha dignificar o seu relevante legado literário, etnográfico e fotográfico, assim como honrar o exemplo de humanismo que sempre moldou o seu relacionamento com os outros e enaltecer a sua incansável entrega na defesa do património local ao longo da sua vida.

A par da mostra biobibliográfica, realizou-se, no mesmo dia, no auditório da Biblioteca Municipal, a palestra Conde d’Aurora, um homem à imagem da sua terra”, orientada por João Alpuim Botelho.

Associe-se a esta homenagem e visite a exposição evocativa deste distinto pontelimense.

Fonte: Município de Ponte de Lima

Para saber mais sobre José de Sá Coutinho, 3.º Conde d’Aurora, clique  AQUI

 

Ponte de Lima no Mapa

Ponte de Lima é uma vila histórica do Norte de Portugal, mais antiga que a própria nacionalidade portuguesa. Foi fundada por Carta de Foral de 4 de Março de 1125, outorgada pela Rainha D. Teresa, que fez Vila o então Lugar de Ponte, localizado na margem esquerda do Rio Lima, junto à ponte construída pelos Romanos no século I, no tempo do Imperador Augusto. Segundo o Historiador António Matos Reis, o nascimento de Ponte de Lima está intimamente ligado ao nascimento de Portugal, inserindo-se nos planos de autonomia do Condado Portucalense prosseguidos por D. Teresa, através da criação de novos municípios. Herdeira e continuadora de um rico passado histórico, Ponte de Lima orgulha-se de possuir um valioso património histórico-cultural, que este portal se propõe promover e divulgar.

Sugestões