Melodia da Floresta (Alemanha)

Melodia da Floresta (Alemanha)


Concepção da ideia e concepção técnica

  • Katharina Schütze – Arq.ª Paisagista e Artista
  • Uwe Müller – Jardineiro e Artista
  • Jürgen Stellwag – Arquitecto e Artista

 

Produção

  • Município de Ponte de Lima

 

Deambulando pela floresta de bambu, os visitantes orientam-se por entre a encruzilhada de caules densamente plantados e a rede de caminhos. Há luz e sombra e um cheiro de casca no ar. Ouvem-se sons estranhos que provêm do centro da floresta. Aí está pendurada uma construção rectangular de troncos de bambu oco que abanam ao vento e batem uns nos outros.

Os visitantes tocam e passam pela cortina de elementos flexíveis, criando assim a sua própria melodia. Por detrás da cortina o visitante entra num jardim de bambu vivo.

Continuando a vaguear pela floresta sonora avistam-se outras clareiras onde é retomada a escala e o conceito de jardim – podem chegar bem perto mas não é possível entrar no mesmo.

A floresta de bambu é composta por elementos arquetípicos, tais como:

  • Descobrir o seu próprio caminho entre os troncos de bambu
  • O cheiro da casca verde
  • O jogo de luz e sombra
  • Brisas e movimento
  • Sons estranhos
  • Contrastes entre a permeabilidade e a impermeabilidade
  • O brilho e a cor das clareiras

Ponte de Lima no Mapa

Ponte de Lima é uma vila histórica do Norte de Portugal, mais antiga que a própria nacionalidade portuguesa. Foi fundada por Carta de Foral de 4 de Março de 1125, outorgada pela Rainha D. Teresa, que fez Vila o então Lugar de Ponte, localizado na margem esquerda do Rio Lima, junto à ponte construída pelos Romanos no século I, no tempo do Imperador Augusto. Segundo o Historiador António Matos Reis, o nascimento de Ponte de Lima está intimamente ligado ao nascimento de Portugal, inserindo-se nos planos de autonomia do Condado Portucalense prosseguidos por D. Teresa, através da criação de novos municípios. Herdeira e continuadora de um rico passado histórico, Ponte de Lima orgulha-se de possuir um valioso património histórico-cultural, que este portal se propõe promover e divulgar.

Sugestões