Agrupamento de Escolas de Ponte de Lima

 

Agrupamento de Escolas de Ponte de Lima


 

Manuela Araújo

O Agrupamento de Escolas de Ponte de Lima (AEPL) é composto pelo Centro Educativo da Facha, pela Escola EBI/JI da Correlhã e Escola Secundária de Ponte de Lima (escola sede). Abrange 39 freguesias do concelho de Ponte de Lima, estendendo-se por uma área de 321,2 Km2, no distrito de Viana do Castelo. Residem no concelho de Ponte de Lima, segundo dados de 2013, do Instituto Nacional de Estatística, 43 019 habitantes e a densidade populacional é de 136 habitantes por km2.

Tendo acompanhado sempre a evolução das modalidades de formação dos ensinos básico e secundário, a oferta educativa do Agrupamento integra atualmente o ensino pré-escolar, 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e no ensino secundário os cursos científico-humanísticos de Ciências e Tecnologias, Artes Visuais, Ciências Socioeconómicas, Línguas e Humanidades e diversos cursos profissionais nas áreas de Metalurgia e Metalomecânica, Energia e Eletricidade, Comércio, Secretariado e Saúde e Gestão de Ambiente.

Toda a vida do Agrupamento é sustentada pelas grandes linhas orientadoras do seu Projeto Educativo, que apresenta como lema “Rumo ao Futuro: Aprender para Vencer”.

Assim sendo, a organização e dinâmica do AEPL são orientadas para a formação integral dos alunos e obtenção do sucesso educativo, erradicando por completo o abandono escolar e constituindo-se, desta forma, como ponto alto de referência organizativa, sempre ajustada ao contexto, através de uma prática reflexiva permanente e proactiva.

Nesta linha de atuação, o Agrupamento tem conseguido obter excelentes resultados académicos nos exames nacionais, situando-se acima da média nacional, visto que no ranking das escolas 2016, o Agrupamento posicionou-se nos lugares cimeiros a nível concelhio, distrital e nacional. Por sua vez, a Escola Secundária posicionou-se, a nível nacional, entre as 100 melhores (93º lugar) e em 29º lugar no ranking das escolas públicas.

Não obstante o desenvolvimento do currículo nacional com sucesso, a vida do Agrupamento gira em torno de projetos, visando o desenvolvimento da criatividade, espírito crítico e da investigação-ação.

Assim, no que concerne à dinâmica de projetos, os estudantes participam ativamente em concursos regionais, nacionais e internacionais, a saber: “Canguru da matemática”, “Plano Nacional de Leitura”; “Aprender com a Biblioteca”; “Elos de Leitura”, “Eco Escolas”, “Olimpíadas da Química”, Projeto “Desporto Escolar” em parceria com o Clube Náutico e o Campo de Golfe.

Clube de Línguas e Projeto de Educação para a Saúde (PES), em parceria com o Centro de Saúde, com a participação de Técnicos de saúde, Polícia Segurança Pública e Magistrados do Ministério Público que promovem ações de formação sobre violência no meio escolar, risco de consumo de substâncias psicoativas lícitas e ilícitas e Escola Segura – Regras de Segurança; Projeto do “Parlamento dos Jovens”, em parceria com o Instituto da Juventude;

 

Projeto LER + Jovem em parceria com várias entidades: Santa Casa da Misericórdia de Ponte de Lima; Centro Paroquial e Social e Casa da Caridade de Nossa Senhora da Conceição; Instituto Limiano; Museu dos Terceiros, derivando, desta iniciativa, o lançamento da revista “Don´Albertina” e a revista HIC CARPE, que já vai na 2ª edição.

 

De realçar que no âmbito do Projeto Eco-Escolas do Centro Educativo da Facha desenvolvem-se vários projetos promotores da defesa da biodiversidade, relevando as boas práticas energéticas e ambientais, em parceria com o projeto de promoção e eficiência. No âmbito deste programa, o Centro Educativo da Facha constrói com os alunos uma horta biológica em parceria com a Associação de Pais.

 

A escola sede desenvolve ainda vários eventos promotores de inovação e conhecimento, designadamente com a realização do “Dia da Escola”, aberta à comunidade, no sentido de partilhar conhecimento e experiências inovadoras com o meio envolvente. O dia da Filosofia é outro momento alto da participação dos alunos na vida escolar, permitindo-lhes desenvolvimento da criatividade e a partilha de saberes.

 A realização de colóquios e seminários é uma prática constante, com especial destaque para o colóquio subordinado ao tema: “Comportamentos Demográficos e Sociais em Ponte de Lima e no Alto Minho”, promovido pelo Departamento de Ciências Sociais e Humanas.

No tocante à realização de efemérides merecem destaque: Dia do livro; Semana da Leitura; Dia do Diploma, Dia do Idoso, valorizando sempre as atividades de solidariedade com a comunidade local.

O prémio Grupo Manuel Pimenta “Educação para a Cidadania” está instituído neste Agrupamento e destina-se a valorizar o sucesso dos alunos no domínio da cidadania.

No contexto europeu, são de relevar os projetos do Clube Europeu, Comenius e “4x4 in Schools, de índole científica, constituindo-se como uma mais-valia para o intercâmbio científico e cultural dos jovens no espaço europeu e à escala global.

 

Por sua vez os alunos do Curso de Eletromecânica envolvidos no projeto “4x4 in Schools”, obtiveram título de campeões nacionais, nos finais de maio de 2016, tendo, por isso, representado PORTUGAL em Coventry, no Reino Unido, onde conseguiram um brilhante terceiro lugar, na geral, do campeonato do mundo “4x4 in Schools”, na classe de profissionais.

 

No âmbito da parceria entre a Escola Secundária e Academia da Música, desenvolve-se o ensino articulado, com alunos do ensino básico e secundário, promovendo-se, desta forma, mais e melhor formação no domínio artístico.

No âmbito dos cursos qualificantes, o desenvolvimento de competências académicas e sociais complementam-se através da participação dos alunos em visitas de estudo específicas, devidamente organizadas e planificadas no âmbito dos diferentes módulos de cada curso. Neste contexto, os alunos têm a oportunidade de participar ativamente em feiras temáticas: Feira de Energia, Saúde e Ambiente, com grande impacto no contexto empresarial local e regional.

A realização da formação em contexto de trabalho (FCT) permite uma verdadeira articulação entre a escola e o tecido empresarial, contribuindo, desta forma, para desenvolver nos alunos dos cursos qualificantes o conhecimento, a inovação e o empreendedorismo. A interação com a comunidade ganha bastante oportunidade na realização das PAP e FCT, visto que os alunos realizam essa formação nas empresas da região e mesmo além- fronteiras, onde são reconhecidas, não só as suas competências técnicas e científicas, mas também a postura cívica e sentido de responsabilidade. De realçar ainda elevadas taxas de conclusão e de empregabilidade que se têm vindo a registar, com grande impacto no desenvolvimento da economia local e regional.

 

Outro prémio digno de registo recebido, em novembro último, pelos alunos do curso de Técnicos de Instalações Elétricas que trouxeram o prémio da EDP para Ponte de Lima, conforme foi noticiado em 2 de novembro de 2016:

 

“O Município de Ponte de Lima congratula-se com o prémio alcançado pela LETHES TEAM, equipa do Curso Técnico de Instalações Elétricas da Escola Secundária de Ponte de Lima, no Concurso FABLAB EDP CHALLENGE com o protótipo SUN ROBOT.

Os protagonistas deste concurso foram os Técnicos de Instalações Elétricas Amândio Lamas, Bruno Moreira e Samuel Fernandes, que criaram o SUN ROBOT, que se destacou de todos os projetos apresentados entre as sete escolas que participaram no concurso.

O SUN ROBOT foi alvo de inúmeros elogios por parte dos elementos do júri do concurso, constituído pelas diretoras de recursos humanos da EDP Produção e EDP Distribuição e dos diretores do LABLEC EDP e do FABLAB EDP, que frisaram o carácter inovador do projeto e a quantidade e qualidade do trabalho produzido por estes alunos”.

 

Mais recentemente, o Agrupamento obteve também o 1.º prémio no concurso de fotografia, no âmbito do concurso do Diário do Minho, intitulado “O Minho e a Europa”, com o objetivo de avaliar a aplicação dos fundos comunitários na reabilitação do edificado ou da valorização do Património Natural.

Destaque ainda para a visita dos alunos ao Palácio de Belém, no âmbito do projeto Integrado no Plano Nacional de Leitura “ Escritores e Leitores ao Palácio de Belém” onde os alunos tiveram a oportunidade de participar numa sessão literária com o escritor João Melo.

Para uma escola inclusiva, a equipa de Educação Especial desenvolve um trabalho conjunto com o SPO em articulação com os pais/EE, no sentido de integrar e desenvolver competências fundamentais dos alunos NEE e com CEI. A existência da unidade autista de multideficiência na Escola EBI/J da Correlhã, no âmbito do programa CRI, em parceria com a APPACDM, integra uma vertente formativa em contexto de trabalho que se desenvolve nas empresas locais, revelando-se uma excelente forma de integração social e na vida ativa, cumprindo-se, deste modo, o grande desígnio da escola pública que visa a “inclusão, sucesso, justiça, dignidade, autonomia, equidade”.

De salientar que toda dinâmica educativa e formativa do Agrupamento foi objeto de avaliação externa no ano letivo de 2015/2016 e obteve, em todos os domínios (Prestação do Serviço Educativo, Resultados, Liderança e Gestão) a classificação de Muito Bom.

Mas, continuar a fazer mais e melhor é sempre um desafio permanente do Agrupamento de Escolas de Ponte de Lima pelo que perspetiva, a curto prazo:

a criação de um laboratório de línguas que se apresentará como um espaço destinado à aprendizagem de línguas – português, francês, inglês, alemão e espanhol – proporcionando aos alunos do 3.º ciclo do ensino básico, do ensino secundário do ensino profissional, bem como à comunidade envolvente, ambientes de aprendizagem adaptados a mundo tecnológico e aos desafios de uma sociedade em constante mutação;

a criação de um espaço tecnológico para a promoção e desenvolvimento projetos de investigação-ação, no âmbito das ciências experimentais para o ensino básico, em colaboração com o Município.

Em suma, norteado por ideias inovadoras e refletindo sobre a prática educativa, o Agrupamento sustenta uma visão prospetiva do ensino/educação, prosseguindo as metas de promoção do sucesso educativo, na senda do lema “Rumo ao Futuro: Aprender para Vencer”.

 

Ponte de Lima no Mapa

Ponte de Lima é uma vila histórica do Norte de Portugal, mais antiga que a própria nacionalidade portuguesa. Foi fundada por Carta de Foral de 4 de Março de 1125, outorgada pela Rainha D. Teresa, que fez Vila o então Lugar de Ponte, localizado na margem esquerda do Rio Lima, junto à ponte construída pelos Romanos no século I, no tempo do Imperador Augusto. Segundo o Historiador António Matos Reis, o nascimento de Ponte de Lima está intimamente ligado ao nascimento de Portugal, inserindo-se nos planos de autonomia do Condado Portucalense prosseguidos por D. Teresa, através da criação de novos municípios. Herdeira e continuadora de um rico passado histórico, Ponte de Lima orgulha-se de possuir um valioso património histórico-cultural, que este portal se propõe promover e divulgar.

Sugestões