Abertura da edição de 2022 do Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima

 

Abertura da edição de 2022 do Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima


 

A 17.ª edição do Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima (ano de 2022), sob o tema “Os Jardins e as Alterações Climáticas”, abre na próxima sexta-feira, 27 de maio, às 17h30.

No total são 12 jardins, que ficam em exposição até 31 de outubro.

Para a edição deste ano foram recebidas candidaturas provenientes de 12 nacionalidades diferentes. O maior número é de Portugal, com seis candidaturas, seguindo-se a Polónia com cinco, e os restantes países candidataram-se com uma cada, a saber, Alemanha, Áustria, Roménia, Noruega, Brasil, Espanha, Escócia, Itália, Republica Checa e França.

A aposta na revitalização dos espaços urbanos, na preservação do ambiente e no incentivo às boas práticas do uso dos jardins é o lema deste projeto, consolidado e sustentável, que junta a essência de preservar o ambiente, recorrendo sempre que possível a materiais usados em edições anteriores.

Premiado internacionalmente, o Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima recebeu em 2013 o título Garden Tourism Awards, no "North American Garden Tourism Conference", em Toronto, Canadá, e em 2017 a distinção "Europe for Festivals, Festivals for Europe" – EFFE Label 2017-2018.

As onze propostas selecionadas pelo júri para a 17.ª edição do Festival Internacional de Jardins 2022 são as seguintes:

- Be Climate-Wild Bee-Frendly – Alemanha / Áustria

- Água da Vida – Polónia

- Revitalização do Património Hidráulico Minhoto – Portugal

- Crumbling Garden – Polónia

- Jardim Mutante – Portugal

- Jardim Polinizador – Portugal

- On The Edge of Tomorrow – República Checa

- The Evolution Garden – Escócia / Espanha

- Jardim da Reflexão – Brasil / Espanha

- Convívio - A Journey into the Future – Itália

- Every Step you Take – Áustria

A estes jardins junta-se o jardim mais votado pelo público na edição de 2021, O Jardim do Diálogo, da autoria da Arquiteta paisagista da República Checa, Magda Jandová, em parceria com os Viveiros Adoa, de Vigo.

 

Festival de Jardins Escolinhas

A Educação Ambiental é uma prioridade do Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima. Prova disso é o êxito alcançado, junto das escolas do concelho, com o Festival de Jardins Escolinhas, que, neste ano de 2022, se apresenta com a 7.ª Edição, envolvendo muitas dezenas de alunos do concelho, e que é reconhecido como uma ferramenta pedagógica essencial para os mais novos envolvidos e para todos os que apreciam apenas as obras finalizadas.

Nesta edição participam cerca de 250 crianças, de 9 instituições de ensino do concelho de Ponte de Lima - pré-escolar, 1.º e 2.º ciclo:

Jardim 1 JI das Lagoas - Janelas do Presente Vs. Janelas do Futuro

Jardim 2 JI de Freixo - A diversidade de que gostamos, amamos e queremos preservar…

Jardim 3 JI de Cepões - Maravilhas de Cepões

Jardim 4CE da Facha - As Cores da Terra

Jardim 5JI de Arcozelo - O Jardim das Abelhas

Jardim 6 EB 2,3 António Feijó - SOS Planeta Terra

Jardim 7 Vencedor de 2021

Jardim 8 JI de Brandara - Salvem o Planeta Terra

Jardim 9 EB de Freixo - Desflorestação: A reflorestação está nas tuas mãos

Jardim 10 EB1 de Ponte de Lima - Que pegada queres deixar no Mundo?

Jardim 11 CE de Trovela - O Mundo está nas nossas mãos

Jardim 12 EB1 de Ponte de Lima - Eu protejo a nossa “Casa”. E tu?

 

Fonte: Gabinete de Comunicação do Município de Ponte de Lima
25 de maio de 2022

 

Ponte de Lima no Mapa

Ponte de Lima é uma vila histórica do Norte de Portugal, mais antiga que a própria nacionalidade portuguesa. Foi fundada por Carta de Foral de 4 de Março de 1125, outorgada pela Rainha D. Teresa, que fez Vila o então Lugar de Ponte, localizado na margem esquerda do Rio Lima, junto à ponte construída pelos Romanos no século I, no tempo do Imperador Augusto. Segundo o Historiador António Matos Reis, o nascimento de Ponte de Lima está intimamente ligado ao nascimento de Portugal, inserindo-se nos planos de autonomia do Condado Portucalense prosseguidos por D. Teresa, através da criação de novos municípios. Herdeira e continuadora de um rico passado histórico, Ponte de Lima orgulha-se de possuir um valioso património histórico-cultural, que este portal se propõe promover e divulgar.

Sugestões