Intervenção do Coordenador do Portal “Ponte de Lima Cultural”

 

Intervenção do Coordenador do Portal “Ponte de Lima Cultural”


Apresentação pública do Portal
 Auditório Municipal de Ponte de Lima
6 de Maio de 2017

 

 

As minhas primeiras palavras são de agradecimento.

Em primeiro lugar, para agradecer ao Senhor Presidente da Câmara Municipal, Eng.º Victor Mendes, não só a cedência deste excelente Auditório Municipal para a apresentação do Portal “Ponte de Lima Cultural” e a sua presença nesta sessão, mas também a confiança e o incentivo que me vem dando desde que, há cerca de um ano, lhe dei conhecimento deste projecto.

Agradeço também ao Senhor Prof. Doutor José Cândido de Oliveira Martins a disponibilidade para fazer a apresentação deste Portal, bem como todo o apoio, incentivo e colaboração, da qual destaco o notável texto de abertura, com o título de “PONTE DE LIMA Cultural”, onde nos fala do âmbito da Cultura, da sua herança multissecular e dos seus horizontes para o futuro, abordando, naturalmente, o Património Cultural de Ponte de Lima e as potencialidades deste Portal.

Uma palavra de agradecimento, também, para o Dr. Ricardo Vermelho, sócio gerente da MEGASITES, empresa da cidade de Almada que, com grande profissionalismo, entusiasmo e empenho, deu corpo a este projecto de divulgação do Património Cultural de Ponte de Lima, e que aceitou prontamente o meu convite para estar aqui presente, apesar de, na manhã de hoje, ter participado activamente num congresso, que está a decorrer na cidade de Lisboa.

À Senhora Dr.ª Ana Carneiro, responsável pela Biblioteca Municipal de Ponte de Lima, agradeço a colaboração e incentivo que me vem dando desde o dia em tomou conhecimento deste projecto, bem como o inexcedível apoio na divulgação e organização desta sessão.

E, naturalmente, um muito obrigado também a todos os convidados e amigos aqui presentes, bem como a todos os colaboradores do Portal “Ponte de Lima Cultural”, sem os quais este projecto jamais seria possível.

Sobre o Portal propriamente dito, não me vou alongar por agora, nesta minha primeira intervenção, já que sobre esta matéria vai ocupar-se, com o seu saber, o Grande Limiano e Homem de Cultura, que é o Professor Doutor José Cândido de Oliveira Martins, docente da Universidade Católica Portuguesa.

Gostaria apenas de referir que, na origem deste projecto, está a experiência, muito enriquecedora, adquirida ao longo dos oito anos em que dirigi a revista LIMIANA, editada pela Casa do Concelho de Ponte de Lima, e o propósito de abraçar um novo desafio, tirando partido da nova realidade que é o mundo digital, que nos permite estar permanentemente ligados ao nível global.

Como bem assinala o Professor Cândido de Oliveira Martins no referido texto, cuja leitura aconselho vivamente, estas novas formas de comunicar informação cultural apresentam enormes e indiscutíveis vantagens, com destaque para a democratização do conhecimento, proporcionada pelo acesso gratuito, e pelo facto de estar disponível em qualquer parte do mundo, e a todo o tempo.

Impõe-se ainda um alerta sobre o volume de conteúdos disponíveis no dia de hoje – apenas uma pequena parte do que poderá ser apresentado à medida que o tempo for passando, nomeadamente com a inserção, nas próximas semanas, dos trabalhos recebidos nos últimos dias, e até nas últimas horas, que já não foi possível inserir em tempo útil.

A todos os colaboradores que, com o seu trabalho solidário e rigorosamente pro bono, ao serviço da Cultura e de Ponte de Lima, sem o qual este projecto não poderia existir, deixo aqui, mais uma vez, uma palavra de profunda gratidão, devida igualmente pela confiança que depositaram neste projecto colectivo e independente, desde a primeira hora, e pelos incentivos que me dirigiram na qualidade de coordenador do mesmo. Especialmente para todos eles, o meu muito obrigado!

Antes de passar a palavra ao Dr. Ricardo Vermelho, permitam-me ainda uma palavra de saudação aos meus familiares aqui presentes, especialmente aos meus netos Leonor e Francisco, que estão pela primeira vez na terra do avô. Espero, sinceramente, que esta seja a primeira de muitas visitas vossas a Ponte de Lima.

Muito obrigado!

José Pereira Fernandes

 

Ponte de Lima no Mapa

Ponte de Lima é uma vila histórica do Norte de Portugal, mais antiga que a própria nacionalidade portuguesa. Foi fundada por Carta de Foral de 4 de Março de 1125, outorgada pela Rainha D. Teresa, que fez Vila o então Lugar de Ponte, localizado na margem esquerda do Rio Lima, junto à ponte construída pelos Romanos no século I, no tempo do Imperador Augusto. Segundo o Historiador António Matos Reis, o nascimento de Ponte de Lima está intimamente ligado ao nascimento de Portugal, inserindo-se nos planos de autonomia do Condado Portucalense prosseguidos por D. Teresa, através da criação de novos municípios. Herdeira e continuadora de um rico passado histórico, Ponte de Lima orgulha-se de possuir um valioso património histórico-cultural, que este portal se propõe promover e divulgar.

Sugestões